Poda de Cannabis: Conheça os tipos de podas e suas funções

 Em Dicas de Cultivo

A poda é uma técnica que consiste em cortar galhos e folhas que consumiriam energia que é direcionada para as partes da planta que não são cortadas. Existem diversos tipos de podas, e na poda de cannabis, tipos específicos. Nessa matéria vamos especificar algumas delas e suas principais funções. 

Poda de Cannabis, direcionamento, condicionamento e formação (apical, fim, canela seca, etc.) 

São as podas iniciais, feitas desde a fase de muda até o fim do vegetativo e servem para direcionar e dar forma à planta, dependendo do objetivo do grower. De acordo com esse objetivo essas podas têm denominações específicas. 

 

  • Poda de Cannabis Apical – consiste em cortar a ponta principal do galho e é feita bem acima do nó, de onde depois saem dois galhos. Esta poda pode ser feita continuamente, desde a formação do terceiro nó da muda, para dar muitos galhos da mesma altura, sempre duplicando a quantidade a cada corte. 

 

  • Pode de Cannabis Fim – consiste em cortar a mesma ponta principal de cada galho, porém não na base perto do nó e sim no meio do broto novo que sai na ponta. Isto faz com que além dos dois galhos que saem do nó crescerem, mais dois crescem a partir do corte, formando 4 galhos da mesma altura. Também pode ser feita continuamente a partir do terceiro nó da muda, mas com menos cortes, pois quadruplicam a quantidade de galhos a cada corte. 

Diferença entre poda de cannabis apical e fim*   

 poda de cannabis apical fim diferença

 

  • Canela seca – consiste em cortar todos os galhos da parte de baixo da planta, deixando o tronco limpo, sem galho algum. Isto dá força aos galhos superiores e aumenta a produção dos mesmos. Necessária em técnicas onde se formem muitos galhos superiores, já que estes necessitarão de mais energia, poupada com o corte dos galhos baixos e menos produtivos. 

Exemplo ilustrativo da poda de cannabis canela seca: 

 poda de cannabis canela seca

  

  • Poda aérea das raízes – as raízes das plantas de cannabis respondem muito bem à poda aérea. Independentemente do seu estilo de cultivo, os vasos especiais air pots podem ser incorporados na maioria das operações de cultivo. Usar esses vasos é uma ótima maneira de evitar que as plantas fiquem enraizadas. A poda aérea de raízes é um método de poda importante frequentemente esquecido.

poda de cannabis aérea air pots

 

 

Cada poda dá uma nova forma à planta e, dependendo do objetivo, o grower deve trabalhar com vasos air potsamarras, redes, fios e estacas, para manter a sustentação dos galhos mais pesados e mais produtivos. 

 

 Poda de cannabis, rotina de cultivo essencial

 

Algumas podas são rotineiras, devem ser integradas a rotina de cultivo, viabilizando sempre fortalecer a planta e no final do cultivo, vejamos:

 

  • Podas de manutenção e tratamento – são as podas feitas para se retirar folhas velhas, secas ou doentes, galhos indesejáveis ou com má formaçãobuds contaminados por parasitas e inutilizados para o consumo, etc. Estas podas são feitas durante todas as fases do cultivo e devem ser feitas regularmente, para evitar contaminações e, ao cortar folhas grandes e velhas, abrir espaço para a entrada de luz nas partes mais internas da planta. 

 

  • Podas de acabamento – são as podas feitas no final do cultivo, antes, durante e depois da colheita, também chamadas por alguns de “manicure”. São basicamente para a retirada de todas as folhas, grandes e pequenas, onde se deixam só as flores e folhas muito coladas às mesmas. Com estas folhas, que são bem resinadas, é possível fazer extrações e aproveitar toda a resina que está nelas. 

 

Para uma estratégia de podas, tesouras especificas são necessárias, confira a linha de tesouras para cultivo da Green Power.

 

Quer saber mais sobre cultivo, baixe nosso conteúdo Flores Medicinais, introdução ao cultivo indoor.

Deixe um Comentário

Start typing and press Enter to search