Como fertilizar cannabis no crescimento vegetativo

 Em Dicas de Cultivo

Cannabis no crescimento vegetativo é um estágio que costuma ser esquecido, pois tendemos a nos preocupar mais com o resultado final do cultivo. Porém, para chegar lá temos que focar e prestar a devida atenção a cada aspecto do cultivo para garantir que o resultado seja o melhor possível.
A alimentação da cannabis no crescimento vegetativo ajudará a aumentar as chances de alcançar um estágio de floração bem-sucedido, digno de uma colheita maravilhosa.
Como já citamos aqui no blog, o fotoperíodo geralmente deve ser de 18 horas de luz com 6 horas de escuridão, apesar de haver outros tipos de fotoperíodo em que o crescimento vegetativo é desenvolvido, caso queira saber mais sobre estágios de cultivo inovadores, acesse esse artigo.

Nutrientes para cannabis no crescimento vegetativo

A cannabis necessita de pelo menos 18 elementos essenciais (nutrientes) para se desenvolver e se reproduzir adequadamente. Três desses elementos oxigênio, carbono e hidrogênio são acessados através do ar e da água. O resto deve ser fornecido através das raízes através do solo fertilizado. Se um ou mais desses elementos estiverem indisponíveis ou disponíveis apenas em quantidades inferiores ao desejado pela planta, o crescimento e o desenvolvimento serão afetados negativamente, e os rendimentos resultantes provavelmente serão menores do que se todos os elementos fossem contabilizados.

Os elementos agem dentro da planta na construção de aminoácidos e proteínas, criando e armazenando energia da fotossíntese, bem como a síntese de enzimas que sustentam a vida. Esses 18 elementos essenciais que impulsionam o crescimento das plantas de estágio a estágio.

Os 18 nutrientes podem ser classificados da seguinte forma:

  • Macronutrientes primários: Carbono C, Oxigênio O, Hidrogênio H, Nitrogênio N, Fósforo P, Potássio K.
  • Macronutrientes secundários: Cálcio CA, Magnésio MG, Enxofre S.
  • Micronutrientes: Ferro Fe, Cobre Cu, Magnésio Mn, Zinco Zn, Molibdênio MO, Boro B, Cloro Cl, Silica Si, Sódio Na.

Esses elementos nutricionais devem ser usados nas proporções corretas (proporção NPK) dependendo das necessidades de suas plantas, que mudam dependendo do estágio em que se encontram; enraizamento, crescimento ou floração. Além disso, você precisará usar certas quantidades de nutrientes, dependendo de outros fatores, como o estado do meio de cultivo, o tamanho dos vasos, as condições do sistema radicular ou as condições ambientais.

Para o crescimento vegetativo foque em mais nitrogênio do que outros elementos.

Fertilização das Primeiras folhas da cannabis no crescimento vegetativo

Quando as sementes de cannabis brotam de dentro das células de germinação, que pode tanto ser jiffy quanto lã de rocha, as primeiras folhas são chamadas de cotilédones, essas folhas não se parecem com as folhas normais. Os cotilédones ajudam a servir como fonte de alimento para a muda em crescimento até que as folhas verdadeiras se desenvolvam e iniciem o processo de fotossíntese. Growers experientes germinam suas sementes em cabines de germinação até que as mudas tenham alguns conjuntos de folhas verdadeiras, para que então elas possam receber alimentação leve uma vez por semana assim que forem transplantadas com as células direto no solo, pois as células jiffy ou células de lã de rocha são absorvidas pelo solo com facilidade. Coloque um pouco de bunny guano misturado ao solo que for receber as células, ¼ a ½ da taxa de rótulo de um fertilizante deve ser suficiente para mantê-las crescendo até que estejam prontas para realmente iniciar o estágio vegetativo.

Ao iniciar com clones propagados, uma vez que as novas raízes começam a se desenvolver, deve-se dar a elas o mesmo tipo de cuidado que foi dado às que foram iniciadas a partir da semente.

Depois que as plantas jovens tiverem 4-5 conjuntos de folhas verdadeiras, elas estarão prontas para saírem da cabine de germinação e serem colocadas no vaso de cultivo para completar o resto de seu ciclo de crescimento. O tamanho do vaso usado se correlacionará diretamente com o espaço total disponível na área de cultivo. As plantas que têm mais espaço para crescer podem ser cultivadas em um vaso maior do que se a área de cultivo for menor. O principal objetivo do estágio de crescimento vegetativo é permitir que a planta desenvolva um forte sistema de folhas e caules. Nesta fase, a planta começa a construir as estruturas necessárias para entrar em uma fase de floração vigorosa. Quanto maior e mais saudável a planta puder se tornar neste estágio, mais bem-sucedida será seu desenvolvimento de flores na fase de floração.

Frequência de rega da cannabis no crescimento vegetativo

Também é uma boa prática revezar a fertilização com água pura para evitar a possibilidade de acúmulo de nutrientes em excesso e causar um desequilíbrio que pode levar a nutrição a ficar indisponível para as raízes. Outra coisa a ter em mente é a frequência com que o substrato precisa ser regado. Certos tipos de solo perdem umidade mais rapidamente do que outros, então quanto mais vezes a planta for regada, mais vezes ela precisará ser alimentada.

Programa de Fertilização da cannabis no crescimento vegetativo

A Green Power recomenda, especialmente para iniciantes, seguir o programa de fertilização sugerido pelo fabricante. Todas as grandes empresas de fertilizantes estrangeiras, como Biobizz, Advanced Nutrients, General Hydroponics, Green House Feeding, Top Crop, etc. fornecem uma tabela para fertilização com nutrientes em várias partes com um esquema planejado até o final do cultivo. Esta é a melhor maneira de começar com o pé direito. Depois de obter uma boa compreensão de como as plantas crescem e reagem a diferentes taxas de nutrientes, você pode começar a ajustar o programa para melhorar o desenvolvimento das plantas.

Dentro de uma estufa de cultivo indoor, o estágio vegetativo é tipicamente de cerca de 4 semanas do início ao fim, sem incluir o estágio de muda. Mais uma vez, isso pode variar de planta para planta e com o espaço disponível para o cultivo, mas 4 semanas geralmente é a quantidade de tempo que a planta precisa para se desenvolver até um tamanho que possa suportar uma floração intensa.

A regra geral é mudar para o estágio de floração quando as plantas estiverem na metade do ponto em que deveriam estar quando totalmente crescidas. Além disso, para produtores iniciantes, recomendamos usar apenas os nutrientes básicos, sulfato de cálcio e sulfato de magnésio como suplementação em seu primeiro cultivo para ter uma boa noção de como as coisas funcionam. Depois que você estiver familiarizado com ciclo de crescimento, é um bom momento para começar a trazer outros suplementos, como aminoácidos, ácidos húmicos e algas marinhas, para citar alguns.

Praticamente todas as pessoas que começam a cultivar cannabis primeiro o fazem porque querem consumir um produto de qualidade e parar de sustentar o tráfico de drogas. Mas pode ser um erro pensar somente no resultado final e esquecer que é o inicio do cultivo que irá preparar a base para a floração. Prestar atenção e cuidado completos e quase exaustivos ao jardim durante a fase de crescimento vegetativo é a principal maneira de garantir que as plantas estejam prontas para uma fase de floração bem-sucedida. Não há espaço para cortar custos na busca de obter os rendimentos desejados.

Deixe um Comentário

Start typing and press Enter to search