Carimbo de Esporos, como fazer o seu

 Em Artigos Enteógenos, Dicas de Cultivo

No artigo anterior, apresentamos a vocês uma das opções que um cultivador pode escolher após colher seus cogumelos mágicos, que foi a desidratação (confira o artigo sobre secagem de cogumelos aqui, caso não tenha visto) visando um armazenamento eficaz. Agora, vamos apresentar uma outra ação que pode ser feita após a colheita de seus belos frutos, o carimbo de esporos.

O que é um carimbo de esporos?

O carimbo de esporos é um dos métodos de preservação da genética de cogumelos que você está cultivando. Os esporos gerados por um fungo são provenientes de uma reprodução sexuada, o que representa que em um carimbo de esporos existe uma grande variabilidade de genótipos, já que cada esporo ali presente consiste em uma linhagem diferente. Sendo assim, uma produção feita a partir de um carimbo de esporos nunca vai apresentar a genética igual ao cogumelo de onde esse carimbo foi retirado, porém, os cogumelos Psilocybe são considerados estáveis de uma geração a outra, resultando em esporos que vão se comportar de maneira parecida a seus progenitores, apesar de apresentarem uma genética diferente.

carimbo de esporos

Fonte: Reddit

Passo a passo para fazer um carimbo de esporos

Então primeiramente, para fazer o carimbo de esporos você vai precisar de um cogumelo cujo chapéu está totalmente aberto. Preferencialmente, escolha algum cogumelo que se desenvolveu agrupado a outros cogumelos, e desse grupo, selecione aquele que apresenta as características mais robustas para seguir então com os seguintes passos:

  1. De luvas limpas e higienizadas pegue um pedaço de papel-alumínio e limpe bem a superfície dele com álcool 70°.
  2. Com uma tesoura (ou outra lâmina) previamente limpa, corte o chapéu da estipe do cogumelo escolhido bem no ponto de união entre estas duas estruturas, para que quando você colocar o chapéu para tirar o carimbo, ele esteja elevado 1 ou 2 milímetros da superfície. Tente fazer um corte o mais reto o possível para que o pedaço remanescente da estipe sirva de apoio, fornecendo assim uma base estável e horizontal. Caso não consiga deixar esses milímetros, tudo bem, ainda será possível tirar o carimbo.
  3. Coloque o chapéu no local limpo e cubra-o com um copo (ou outro recipiente) limpo para evitar contato com as correntes de ar, para que assim seja possível manter o chapéu isolado do ambiente ao seu redor.
  4. Passo opcional: inserir um palito de dente no chapéu, para você conseguir remover ele mais facilmente deixando um belo carimbo intacto.
  5. Deixe os esporos caírem de 12 a 24 h.
  6. Após esse tempo, mas antes de retirar o copo (ou qualquer outro recipiente que você usou para isolar seu chapéu), pegue um outro pedaço de papel-alumínio, sendo esse um pedaço grande, que você seja capaz de envelopar seu carimbo de esporos com essa nova folha. Limpe bem esse outro pedaço com álcool 70°.
  7. Limpe bem suas mãos, retire então o copo e depois cuidadosamente o chapéu.
  8. Envelope de maneira delicada, sem pressionar, seu carimbo de esporos com esse outro pedaço de papel-alumínio.
  9. Dobre as bordas para selar bem o carimbo e formar tipo um “pacotinho”.
  10. Coloque o nome da genética fornecedora dos esporos e a data da manufatura do carimbo para um maior controle de seu cultivo.
  11. Idealmente, reserve dentro de um ziplock e coloque para armazenar longe do calor, luz e umidade. Não coloque o carimbo na geladeira.

 

Caso você for fazer carimbos de vários chapéus ao mesmo tempo, você pode colocar os papéis-alumínio dentro de uma tupperware grande, e então em vez de usar vários copos, isole os chapéus do ambiente externo colocando a tampa do pote.

 

Agora que você obteve os esporos daquele lindo cogumelo que você cultivou, você é capaz de dar continuidade a seu cultivo de cogumelos, mas para isso, você deverá a partir de seus carimbos, produzir sua seringa de esporos. A seringa de esporos vai ser uma das suas possíveis ferramentas para que o seu próximo ciclo de cultivo venha à vida, então fique ligado no próximo artigo que vamos ensinar você a como preparar sua seringa de esporos!

 

Showing 10 comments
  • psicocybe cubensis
    Responder

    como eu cultivo um cogumelo com o carimbo de esporos?

    • Maria Joana
      Responder

      Basta pegar seu carimbo e fazer uma seringa de esporos, ensinamos a fazer uma aqui:
      Bons cultivos!

  • Samuel
    Responder

    Da pra usar a o cogumelo dps de fazer o carimbo?

    • Maria Joana
      Responder

      Da sim amigo, tirar um carimbo de um cogumelo não estraga ele não! 🙂

  • Eduardo Johann
    Responder

    amo muito o site de vcs e o conteúdo que vem trazendo, estou com meu primeiro cultivo e esta ajudando muito o guia de vcs, ja rendi 14g na minha primeira colheita e estou abrindo meu próprio negócio de cogus, ja consegui vender todos e deu tudo certo ❤️

    • Maria Joana
      Responder

      Parabéns! Os fungos são organismos muito especiais, pois, não sendo plantas, não têm clorofila, nem celulose nas paredes celulares em que está presente a quitina, a mesma substância que forma o esqueleto dos insetos.

  • Felipe
    Responder

    Da pra fazer com cogu desidratado ?

    • Maria Joana
      Responder

      Carimbo de esporos não é possível ser feito com cogumelos desidratados. O carimbo deve ser feito com o cogumelo fresco, com o chapéu bem retinho. A coleta de esporos de cogumelos desidratado é possível através do uso de swabs e em ambiente estéril (fluxo laminar ou glove box). E sempre se certificar que o cogumelo em questão é produtor de esporos já que algumas cepas não produzem esporos.

  • Leandró Cárlos
    Responder

    Vcs vendem o carimbo de esporos?

    • Maria Joana
      Responder

      Temos seringa de micélio amigo, um passo a frente do carimbo, veja aqui:

Deixe uma resposta para Leandró Cárlos Cancelar resposta

Start typing and press Enter to search